Arte, Hackeamentos e Magia

Arte e cultura hacker são motes que estão presentes em meu diálogo com a sociedade, mas isso não é o bastante para me resumir em um conceito qualquer. A contracultura, a magia e a consciência libertária são motivos pelos quais me levam a desmembrar outros interesses e mecanismos cotidianos, em uma dinâmica pela qual meus afetos são sempre postos a prova. Essa imperfeita alquimia, cujo resultado quase nunca alcança a nulidade ou a individuação (o Uno), gera processos inacabados, caminhos erráticos, relevos narrativos que não permitem outra coisa senão novos desdobramentos. Tarefa essa semelhante ao cartografar o interior de cavernas: aceitar a catábases da alma para retornar dalí algo diferente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: