Arquivos do Blog

Fortuitos (Des)Encontros

Publicado o trabalho teórico sobre arte Hacker de minha autoria na revista eletrônica Contra.Cultura.Digital: Reflexões Críticas em Mídias Digitais.

confira esse e outros textos no site do pessoal do ContraCultura Digital. O link tá aí em baixo:
http://culturadigital.br/contraculturadigital/

 

 

Anúncios

Chinesice

Apreendendo a cultura chinesa pelo lado de fora, pelos contrastes e (des)conexões de um povo tão antigo e tão presente. 2008

Perdoe as cores podres

Não é manifesto, mas não deixa de ser minha visão anarquica sobre geopolítica, intervenções militares e patriotismos:

2007

J’ai cherché la Coherence mais n’est trouvé rien II

Escatologia Kitsch

esse vídeo/animação foi realizado antes dos atos de guerra no Morro dos Macacos, de 2009 (aquele do helicóptero, lembram?). Pois é: coicidência ou mensagem subliminar?

a notícia da época foi essa abaixo, comparem as 2 realidades:

http://www.youtube.com/watch?v=Xk4DmLRH-h8&feature=related

Hiperorgânicos: Ricardo Brasileiro, Surian, Moleculagem, Nós da Linha

Imagem que altera som que altera imagem que altera som…

Baseado nos exemplos de Nolan Hawkins, Hidetoshi Shimodaira e kiborio Takase, esta é uma interação audio e webcam, usando o processing como ferramenta de criação. uma experimentação rumo a sonoridade visual que procuro.

Vídeo “Quando O Aluno Está Pronto”

Comentei anteriormente sobre o processo de criação “mágicko artística” (assim mesmo, com k), embora estivesse pesando mais para o segundo que para o primeiro, mas recentemente, vejo a necessidade de não negligenciar uma em detrimento da outra, como venho fazendo. O processo mágicko acontece como catalizador de outros processos diários, onde a transformação se dá por uma alquimia interna provocada pela vontade do próprio indivíduo, em concordância com o mover do próprio Universo.

Bem, isso é uma teoria, Conseguir esse alinhamento interno e externo é questão de muito trabalho e o devir é constante. Com isso, mesmo que se domine uma ou outra tarefa no trabalho, isso não faz do indivíduo um ser especial, ou um vitorioso completo sobre sua natureza humana demasiadamente humana. Uma tarefa ou milhares delas são ferramentais, vazios perto da completude e esvaziamento com o Universo, ou a manifestação única e indivisível com a totalidade, cessando qualquer dualidade, sendo com a fonte toda a virtualidade. Enfim, essa é apenas uma das tarefas realizadas, tão distante ainda da completude e (por isso mesmo) tão preciosa aos meus olhos mortais.
dies martis, 20:41 utc-03 (Brasília)

radio+zine+haikai JamSEXtion

Encontro fortuito entre zineiros, poetas haikai, ilustradores, rádio agitadores, músicos, artistas visuais e quem mais quisesse entrar. Realizado sobre o eixo fixo da Funarte, no bairro da Barra Funda, São Paulo, este acontecimente fez parte das atividades do Circuito Interações Estéticas, com oficineiros contemplados por projetos, ao longo do território nacional.

Agradecimentos: Marcelo Wasen, Ronaldo Eli, Daniel Luis, Law Tissot, Carla Benassi, Carol (Cacto) Ribeiro, Wendell Sacramento e tantos mais que foram parceiros nessa brincadeira instigante.

Costurando Realidades Aumentadas

Com a desculpa da prática de arte marcial, uso o marcador de realidade aumentada (patt para artoollkit) nas costas do meu doggi de treino. Não é um exercício pela tecnologia, pura e simplesmente, mas uma experimentação inserida em uma cultura de imagens e misticismo.

Este slideshow necessita de JavaScript.